Projeto – Galeria Auto Expositiva

Tornar a Catedral São Pedro de Alcântara um espaço de visitação roteirizada, para além dos espaços habituais de acesso, como nave, batistério e mausoléu da família imperial, implica numa ação ímpar de ampliação de uso do espaço dos templos históricos, permitindo a fruição de informações e acervos inéditos para muitos dos visitantes. Além disso, tal ação amplia as suas possibilidades de sustentabilidade, através da cobrança de ingresso para visitação, estabelecimento de parcerias com Prefeitura e universidades, dentre outros. 

A historicidade do monumento, já relatada anteriormente, somada ao fato da mesma consistir numa construção que recebeu atenção e benfeitorias de grandes personalidades, a qualidade estética da mesma e seu acervo e, por último, por ela guardar os restos mortais de D. Pedro II e da Imperatriz Tereza Cristina, além de Princesa Isabel e o Conde D’Eu, são qualidades de importância nevrálgica para o êxito e a relevância da ação aqui pretendida. 

Além disso, o projeto dará conta de uma demanda latente no monumento: o acompanhamento, a roteirização e a monitoria dos visitantes, a fim de que possam conhecer a história da Catedral e todo o seu contexto, já sobredito, de forma pedagógica e lúdica, estimulando o aumento da visitação e o incremento de atividades com escolares, universitários e pesquisadores. 

Objetivo Geral

– Instalar uma galeria expositiva no coro, abóbodas do telhado e pavimentos da torre da Catedral;

– Confeccionar/adquirir o mobiliário de todos os ambientes da galeria;

– Catalogar e reunir os objetos que serão expostos na galeria (objetos e documentos usados ou relacionados à construção da Catedral, inclusive ferramentas e bens arqueológicos);

– Elaborar animações, filmagens e a programação de um software de exploração multimídia, que servirão de base para projeções nas paredes e abóbodas e para a visitação virtual/exploração de informações em telas/totens touch screen;

– Realizar pesquisa documental para subsidiar as projeções e a visita virtual;

– Confeccionar todo o material de identidade visual e sinalização do projeto.

Objetivos Específicos (resultados esperados)

– Difundir uma importante parcela da memória brasileira, através do histórico de construção de um monumento que recebeu benfeitorias de grandes personalidades da história do Brasil;

– Contribuir para a consolidação de um corredor turístico-cultural no centro histórico da cidade;

– Oferecer novas alternativas de desenvolvimento sustentável de instituições pares;

– Promover o turismo cultural e a educação para o patrimônio da região;

– Oferecer um espaço para ações de inclusão social através do acesso a informações pertinentes e fruição do patrimônio cultural brasileiro.

Descrição

– Fazer o levantamento arquivístico e bibliográfico do conteúdo para subsidiar as projeções e a visita virtual; 

Instalar vitrines expositivas no pavimento inferior aos sinos e campanário; 

-Instalar os equipamentos e expositores; 

-Adquirir o mobiliário de todos os ambientes da galeria; 

-Elaborar animações, filmagens e a programação de software de exploração multimídia, para projeções nas paredes e abóbodas; 

-Apresentar o conteúdo elaborado para exposição ao patrocinador e as autoridades para aprovação; 

-Implementar a galeria expositiva no início no coro e nas abóbodas da cruzaria de ogivas; 

-Elaborar um plano de circulação para cada pavimento. 

Don`t copy text!