Projeto de Restauração

A Catedral São Pedro de Alcântara, ao longo da sua existência, viveu o processo da recíproca influência com o meio do qual faz parte.

Devido às grandes transformações sofridas pela sociedade, acrescidas do avanço tecnológico e agravadas nos últimos anos pela grave crise social e econômica do país, torna-se necessário estruturar um projeto para restaurar e revitalizar este patrimônio tombado pelo IPHAN, de valor histórico inestimável. 

Lembremos que produzir a história é tão comum na trajetória da humanidade quanto destruí-la. E um país que perde a mémoria sobre acontecimentos importantes e não valoriza seu patrimônio material e imaterial, corre o risco de perder a consciência histórica social, e fica como diz o grande historiador Eric J. Hobsbawn, “uma sociedade apenas com o presente, sem passado e, portanto, sem perspectivas de futuro”.

Balizados pela história do Brasil, da necessidade de conhecer o nosso passado, preservar e valorizar a memória, seus legados e a cultura, afirmamos que é de imprescindível importância restaurar e revitalizar essa admirável Catedral que foi sedimentada na fé, no trabalho e na perseverança, capaz de nos dizer, no tempo que se chama hoje, quem fomos, quem somos e o que seremos.

Vale ressaltar, que a presente proposta, prevê, além do restauro necessário, a preservação do patrimônio, a criação de um museu na torre da catedral, acesso ao mirante, criando assim, mecanismo que gere renda para dar sustentabilidade e manutenção da mesma.

Objetivo geral

– Restaurar as vinte e três esculturas antropomorfas que compõem o conjunto de elementos arquitetônicos artísticos; 

– Limpar o mármore esculpido o mausoléu da família imperial; 

– Restaurar os cinco sinos em bronze que se encontra na torre; 

– Restaurar a porta principal e as quatro portas laterais (externas e internas). 

Objetivos Específicos

(resultados esperados) 

– Devolver a integridade original das esculturas antropomorfas que compõem o conjunto arquitetônico; 

– Reconstituir as portas, sinos, e mausoléu da Família Imperial.

Descrição: 

– A limpeza e recuperação dos dezesseis atlântis laterais, os quatro evangelistas e a cena do calvário frontal do conjunto;

– Fazer os testes e análises, limpezas mecânica e química, consolidação, reintegração de perdas dos elementos;

– Retirada mecânica da vegetação sobre os elementos;

– Fazer a limpeza de todo o conjunto de mármore esculpido que compõe o mausoléu imperial;

– Recuperar todas as portas externas e as portas internas de quebra vento;

– Restaurar e limpar os sinos em metal, utilizando a limpeza mecânica e química. 

Don`t copy text!